Moro diz que vai refletir caso seja indicado para ministério ou ao STF

  • Por Jovem Pan
  • 30/10/2018 16h22 - Atualizado em 30/10/2018 16h31
ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOMoro: vai refletir sobre possibilidade de integrar governo Bolsonaro

O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Lava Jato, afirmou nesta terça-feira, 30, que vai “discutir e refletir” caso seja indicado futuramente pelo presidente eleito Jair Bolsonaro para uma cadeira no seu ministério ou para uma vaga Supremo Tribunal Federal (STF).

“Sobre a menção pública pelo sr. presidente eleito ao meu nome para compor o Supremo Tribunal Federal quando houver vaga ou para ser indicado para Ministro da Justiça em sua gestão, apenas tenho a dizer publicamente que fico honrado com a lembrança. Caso efetivado oportunamente o convite, será objeto de ponderada discussão e reflexão”, disse, em nota.

Bolsonaro afirmou ontem em entrevistas para TVs que o juiz da Lava Jato é um dos nomes que ele gostaria de ter em seu ministério ou indicar para o Supremo em caso de aposentadoria de um dos atuais integrantes da Corte.

“Pretendo conversar com ele e, logicamente, havendo uma conversa, nos acertando, seria feito um convite. Ele diria sim ou não. Eu só posso falar isso agora porque as eleições acabaram. Se fosse antes das eleições, poderia soar como oportunismo da minha parte”, declarou Bolsonaro nesta segunda.