Ex-deputado federal Alfredo Sirkis morre em acidente de carro

Sirkis foi um dos fundadores do Partido Verde e ganhou o Prêmio Jabuti de 1981 com a obra ‘Os Carbonários’

  • Por Jovem Pan
  • 10/07/2020 18h11 - Atualizado em 10/07/2020 18h12
Câmara dos DeputadosEx-parlamentar, que também era gestor ambiental e urbanístico, foi Diretor Executivo do think tank Centro Brasil no Clima (CBC)

O jornalista e ex-deputado federal Alfredo Sirkis morreu nesta sexta-feira, 10, aos 69 anos, em um acidente de carro no Arco Metropolitano (BR-493), na Baixada Fluminense. Sirkis foi escritor e roterista de TV e cinema. Autor de nove livros, ele foi vencedor do Prêmio Jabuti de 1981 com Os Carbonários (1980).

Sirkis, que também era gestor ambiental e urbanístico, foi Diretor Executivo do think tank Centro Brasil no Clima (CBC) e Coordenador Executivo do Fórum Brasileiro de Mudança do Clima (FBMC) entre outubro de 2016 e maio de 2019. Ele foi um dos fundadores do Partido Verde (PV) em janeiro de 1986. Em 1991, assumiu a presidência nacional da sigla e, nas eleições de 1998, foi candidato à presidência da república pelo PV.

O ex-parlamentar foi vereador em quatro mandatos, secretário municipal de urbanismo e presidente do Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos (IPP), entre 2001 e 2006 e secretário municipal de meio ambiente, entre 1993 e 1996, na cidade do Rio de Janeiro. Foi, também, membro da delegação brasileira às conferências do Clima de Montreal, Bali, Copenhagen, Durban, Varsóvia, Lima, Paris, Marrakech e Bonn. Integrou as comissões executivas do ICLEI (International Council for Local Environmental Initiatives) e do Metrópolis.