Morre ex-governador de São Paulo Alberto Goldman aos 81 anos

  • Por Jovem Pan
  • 01/09/2019 13h45
Renato S. Cerqueira/Estadão ConteúdoEle estava internado após passar por uma cirurgia no cérebro há duas semanas

O ex-governador de São Paulo Alberto Goldman, de 81 anos, morreu na tarde deste domingo (1). Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês em São Paulo após passar por uma cirurgia no cérebro há duas semanas.

O velório será nesta segunda-feira (2), das 8h às 14h, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). O enterro será às 15h no cemitério israelita do Butantã.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa. Goldman foi para o hospital no dia 19 de agosto como parte do tratamento de um câncer neuroendócrino na região cervical. Ele passou mal durante o exame e uma tomografia constatou sangramento no cérebro. O ex-governador foi submetido a uma cirurgia no mesmo dia e desde então estava internado no hospital.

Nascido em 12 de outubro de 1937, Goldman era engenheiro formado pela Escola Politécnica. Ele foi deputado estadual por dois mandatos (1971-1978), deputado federal por seis mandatos (1979-1986 e 1991-2006), Ministro dos Transportes (Governo Itamar Franco), secretário de Estado, vice-governador e governador de São Paulo.

Ele deixa esposa, cinco filhos e quatro netos.

O presidente do Diretório Estadual do PSDB-SP, Marco Vinholi, lamentou o falecimento. “Deputado estadual e federal, ministro e secretário de Estado, vice-governador e governador, foi também presidente do PSDB.  Aos familiares e amigos nossos sentimentos”, divulgou em nota.