Morre garota de 14 anos baleada por não aceitar pedido de namoro em Bebedouro; atirador está foragido

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2019 16h33
ReproduçãoHomem que matou Natasha está está sendo procurado pela polícia paulista

Baleada após recusar pedido de namoro, uma garota de 14 anos não resistiu aos ferimentos e teve morte cerebral confirmada na tarde de quinta-feira (3). Natasha Rodrigues estava internada na Santa Casa de Barretos (SP). O crime aconteceu em Bebedouro (SP) e a política tenta localizar o atirador, Deybson dos Santos, de 20 anos.

Com a morte, a família decidiu doar os órgão de Natasha, cujo assassino fugiu após atirar. De acordo com conhecidos, a adolescente teve um rápido relacionamento com o rapaz, que frequentava a mesma igreja que ela. Depois disso, Deybson estaria pressionando a garota para que os dois começassem a namorar.

Mensagem mostram que o assassino já havia dito que a mataria caso não pudesse tê-la para sempre. Essa ameaça foi colocada em prática no último sábado (29). À tarde, ele a procurou, ouviu um novo “não” para o pedido de namoro, sacou uma arma e atirou no peito e no pescoço da vítima. Na fuga, ele acabou perdendo um celular.

O telefone de Deybson, foi apreendido e encaminhado ao Instituto de Criminalística para perícia. Um inquérito policial foi aberto na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Bebedouro e a Polícia Civil está investigando o caso, para tentar localizar o acusado, que teve prisão temporária decretada pela Justiça e é considerado foragido.

*Com informações do Estadão Conteúdo