Movimento “Vem pra Rua” fará manifestação contra decisão da Câmara

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2016 17h52
Rogério Chequer no Pânico

Um dos coordenadores do movimento “Vem pra Rua”, Rogério Chequer, confirmou que terá uma manifestação nesta segunda-feira contra a aceitação do pedido que suspende o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). De acordo com ele, a atitude é absurda.

“É um absurdo receber uma decisão monocrática, inconstitucional, fora do regimento e fora do bom senso dos brasileiros como foi essa do presidente interino da Câmara, que está querendo aparecer. (…) Vamos às ruas hoje em São Paulo, em Brasília, em várias cidades do Brasil, para mostrar para essas pessoas que o povo não é palhaço . (…) Tem alguns politicos brasileiros que ainda não perceberam que a sociedade brasileira ja mudou”, afirmou Chequer.

Segundo o representante do movimento, a atitude é tomada com uma total falta de embasamento e uma brincadeira com a democracia.

“Isso está acontecendo no meio de uma semana onde temos uma decisão muito importante, e temos essa votação da MP 703 amanhã que é fundamental para a continuação do andamento imparcial da Operação Lava Jato e de novas investigações. A Operação Lava Jato é apenas o começo da lavagem da política macumunada com empresários no Brasil. Se nós não iniciarmos isso com o pé direito e de uma forma limpa, nós estaremos abrindo porta para outras chincanas no futuro”, afirmou.

Chequer afirmou ainda que “o PT é mestre em mudar a pauta” e em uma semana com assuntos decisivos, eles conseguiram dominar a pauta com um assunto “totalmente estapafúrdio sem pé e nem cabeça”.

“É por isso que hoje estamos convocando a população a saírem às ruas na sua cidade para demonstrar que a sociedade brasileira não vai aceitar isso”, disse.