Mulher de João de Deus pede orações ‘para que a verdade prevaleça’

  • Por Jovem Pan
  • 15/12/2018 12h58
MATEUS BONOMI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDOAna Keila Teixeira organizou evento de Natal para distribuir brinquedos a crianças

Ana Keila Teixeira, mulher de João de Deus promoveu neste sábado (15), em Abadiânia (GO), uma festa de distribuição de brinquedos. Vestindo uma camiseta com uma foto do marido e as palavras “Feliz Natal e Obrigada João de Deus”, ela pediu orações. “Apesar das turbulências, peço que todos continuem rezando para que a verdade prevaleça”, declarou aos presentes. Ana deixou o local sem dar entrevistas.

O evento é organizado anualmente pela família. Um toldo é estendido em frente à casa do líder religioso e, após o almoço, acontece a distribuição de presentes. Todos os anos, cerca de 2 mil pessoas participam. Este ano, no entanto, a movimentação foi consideravelmente menor. Durante a manhã, passaram por lá cerca de 200 pessoas.

Segundo a Polícia Civil, o médium pode se entregar à Justiça ainda nesta tarde. O horário e local não foram informados. Ele é acusado de abusar sexualmente de mulheres e crianças. Em sua única aparição da semana, afirmou apenas que “é inocente”.

Primeiras acusações

As acusações contra o médium, que diz realizar tratamentos e “cirurgias espirituais” por meio de entidades que “incorpora”, surgiram no sábado (8), quando um programa de televisão conversou com vítimas. Em todos os casos, João levava a mulher para uma sala reservada para sessão em busca de milagres, o que acabava evoluindo para toques e estupros.

As denúncias já foram feitas em sete países diferentes, incluindo o Brasil. Algumas mensagens indicam que funcionários do centro de atendimento espiritual de Abadiânia (GO) sabiam dos crimes.

Como denunciar

Para facilitar o atendimento às vítimas, a promotoria criou o e-mail somosmuitas@mpsp.mp.br. “É importantíssimo que as vítimas denunciem, procurem justiça, até para aliviar aquela dor que carregam há muito tempo e não tiveram voz nem coragem para denunciar.” O médium teve a prisão preventiva decretada na sexta-feira (14).

*Com informações do Estadão Conteúdo