Bruno Covas exalta a ‘liberdade religiosa’ na Marcha Para Jesus

  • Por Jovem Pan
  • 20/06/2019 16h07 - Atualizado em 20/06/2019 17h41
Isac Nóbrega/PRPrefeito agradeceu "apoio" de lideranças religiosas, mas acabou vaiado por parte do público

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), esteve nesta quinta-feira (20) no palco da Marcha Para Jesus, maior evento evangélico do país. Ao lado do presidente Jair Bolsonaro e de outros políticos ligados a igrejas, o tucano disse que a capital “celebra e respeita a diversidade religiosa”.

“São Paulo celebra a nossa diversidade religiosa, temos orgulho de poder fazer essa marcha maravilhosa mostrando para o Brasil e para o mundo o quanto a gente respeita a nação evangélica”, disse, recebendo algumas vaias dos fiéis.

Covas também agradeceu aos líderes de denominações evangélicas pelo “apoio” na gestão à frente da capital. “Queria agradecer o apoio e a colaboração das igrejas na área da saúde, educação, direitos humanos e na Cracolândia.”

Em seguida, Bolsonaro  discursou para o público do evento. O presidente, primeiro a participar de uma das 27 edições da Marcha, disse que os evangélicos foram “decisivos para mudar o destino” do país. Ovacionado aos gritos de “mito”, ele prometeu participar da celebração no próximo ano.

Mais cedo, o governador de São Paulo, João Doria, também compareceu ao evento, mas em um trio elétrico. O tucano não esteve no momento de discursos no palco da Marcha.