‘Não esteve à frente do Enem? Está fora’, diz Bolsonaro sobre presidente do Inep no Ministério da Educação

  • Por Jovem Pan
  • 19/11/2018 18h50 - Atualizado em 19/11/2018 19h06
Fátima Meira/Estadão ConteúdoBolsonaro criticou questão que abordava linguagem LGBT no Enem

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) afirmou nesta segunda-feira (19) que a nomeação para o Ministério da Educação da presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Maria Inês Fini, está descartada. O órgão que ela comanda é responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Pode esquecer. Essa não esteve à frente do Enem? Está fora, cartão vermelho”, disse Bolsonaro, durante entrevista coletiva. Em diversas situações, o futuro presidente criticou uma questão sobre dialeto LGBT presente na prova deste ano e disse que a mudaria. Em resposta, Fini disse que o “governo não manda no Enem”.

“A educação desde há muito está aparelhada. Há um marxismo lá dentro. Em 13 anos de [governos do] PT, dobrou-se o gasto em educação e a educação foi lá para baixo”, criticou Bolsonaro. “A molecada não sabe fazer uma regra de três, interpretar um texto, então tem coisa errada.”

*Com informações do Estadão Conteúdo