‘Não havia sinal externo de que isso pudesse acontecer’, diz Covas sobre viaduto que cedeu em SP

  • Por Jovem Pan
  • 15/11/2018 11h50 - Atualizado em 15/11/2018 11h59
Marcelo Gonçalves/Estadão ConteúdoO processo, segundo o prefeito, deve ser concluído apenas “lá pelo dia 20”

Parte da estrutura da alça de acesso da Marginal Pinheiros para a Ponte do Jaguaré, na zona oeste de São Paulo, cedeu mais de um metro durante o início da madrugada desta quinta-feira (15). A alça de acesso, no sentido Rodovia Presidente Castello Branco, que passa sobre a Linha 9-Esmeralda da CPTM, próximo ao Parque Villa Lobos e à Ponte do Jaguaré, na região do Alto de Pinheiros, Zona Oeste da Capital, cedeu por volta das 03h30.

Em entrevista exclusiva ao Ligado na Cidade, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, afirmou que “não havia nenhum sinal externo neste viaduto que indicasse que algo como isso pudesse acontecer”.

Técnicos da Prefeitura estão no local para averiguar os próximos passos para o escoramento da estrutura e já nesta quinta-feira (15) devem começar as obras para a construção de um novo apoio do viaduto.

Com esse novo apoio construído será possível averiguar quais foram as causas que levaram o viaduto a ceder nesta madrugada. O processo, segundo o prefeito, deve ser concluído apenas “lá pelo dia 20” deste mês.

Confira a entrevista completa com o prefeito da capital paulista, Bruno Covas: