Noronha zera casos da Covid-19 e estuda flexibilizar quarentena

  • Por Jovem Pan
  • 10/05/2020 09h15 - Atualizado em 10/05/2020 09h29
Nayara Felipe/ Wikimedia CommonsLocalizada na Ilha de Fernando de Noronha

O arquipélago de Fernando de Noronha, localizado em Pernambuco, zerou os casos de transmissão da Covid-19. A ilha, que chegou a registrar 28 pacientes infectados pelo novo coronavírus, todos com idade entre 25 e 59 anos, já possui todos os pacientes curados da doença, que já atingiu mais de quatro milhões de pessoas em todo o mundo.

No sábado (9), foram disponibilizados os últimos resultados de exames feitos em quatro pacientes com suspeita da Covid-19 na ilha, sendo todos diagnosticados negativos.

Fernando de Noronha entrou em período de quarentena, com bloqueio total, em 20 de abril, com suspensão de voos para a ilha, por decisão do governo estadual. Com a medida estabelecida pelo Decreto Estadual 48.955, os moradores só tinham autorização da administração para sair de casa mediantes pedido feito por formulários na internet.

As restrições para circulação de pessoas no local acontecem até este domingo (10). A partir da segunda-feira (11) medidas de flexibilização do isolamento social serão adotadas na ilha, seguindo orientações das autoridades locais para evitar novas transmissões do vírus.

“Ainda teremos regras e recomendações, porque zeramos os casos mas precisamos ter a certeza de que o vírus não circula mais na ilha. A abertura para a comunidade se dará em algumas etapas. O continente ainda está em uma situação muito perigosa. Daí a nossa preocupação em trabalhar de forma controlada para ver como vai ser o retorno dos moradores que estão no Recife, pelo risco de contaminação que estão vivendo”, afirma Guilherme Rocha, administrador da ilha, em nota divulgada pelo governo de Noronha.

Embora seja analisada a possibilidade de flexibilizar a quarentena nesta semana, ainda não há expectativas para a retomada do turismo local.