Nubank explica que ‘dinheiro sumiu’ das contas por inconsistência de dados da Caixa

De acordo com o banco digital, os clientes afetados já começaram a receber os valores em suas contas

  • Por Camila Corsini
  • 08/07/2020 09h16 - Atualizado em 08/07/2020 18h04
DivulgaçãoEm nota, o Nubank disse que, "agindo de boa fé", comunicou seus clientes sobre o equívoco e iniciou o processo de estorno

Na última terça-feira (7), clientes da Nuconta, a conta do banco digital Nubank, relataram nas redes sociais que seus saldos estavam sendo debitados de forma indevida. Valores de R$ 200 e até R$ 1 mil “sumiram” das contas de uma hora para a outra — o que causou tensão nos usuários e deixou o assunto como um dos mais comentados no Twitter por horas. Segundo o banco, os clientes afetados já tiveram os valores ressarcidos.

De acordo com o banco digital, parte dos clientes do Nubank que realizou o pagamento de boletos por meio da Caixa Econômica Federal recebeu em sua conta uma quantia superior ao valor correto. O erro teria acontecido devido a uma falha no sistema da própria CEF. Em nota, o Nubank disse que, “agindo de boa fé”, comunicou seus clientes sobre o equívoco e iniciou o processo de estorno dos valores excedentes de volta para o banco estatal — seguindo as recomendações da CEF. Porém, as devoluções foram suspensas assim que o Nubank identificou inconsistências nos dados fornecidos pela Caixa Econômica Federal. Por meio de uma thread no Twitter, o banco explicou a situação aos seus clientes.

“O Nubank lamenta o transtorno causado aos seus clientes e informa que, devido à imprecisão dos dados da CEF, a empresa decidiu reverter imediatamente os valores aos seus clientes mesmo não sendo responsável pela falha. Os clientes afetados já começaram a receber os valores em suas contas. A empresa aguarda esclarecimentos adicionais do banco estatal”, disse o documento.

Procurada pela reportagem da Jovem Pan, a Caixa Econômica Federal disse que, “acerca de relatos de intercorrências em pagamentos e transferências do CAIXA Tem para fintechs, não foram identificadas falhas nos sistemas internos do banco”. Além disso, ressaltou que “nesta quarta-feira, já foram realizados com sucesso mais de 1,6 milhão de transações com o cartão de débito virtual, e processados cerca de 6 milhões de boletos sem nenhum incidente no sistema de cobrança da CAIXA”.