Número de servidores federais afastados por Covid-19 chega a 1.638

Levantamento do Ministério da Economia é maior que o registrado na semana passada; porcentagem de servidores em home office é de 47%

  • Por Jovem Pan
  • 19/08/2020 18h07
Estadão ConteúdoNúmero de servidores federais afastados por Covid-19 chega a 1.638

O Ministério da Economia divulgou nesta quarta-feira, 19, um balanço com o número de servidores federais afastados do trabalho por causa da Covid-19. Segundo o levantamento, na semana de 10 a 14 de agosto o número registrado no Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos foi de 1.638, maior do que o divulgado na semana anterior, de 3 a 7 de agosto (1.527). A pasta ainda afirmou que a proporção de servidores públicos civis federais que trabalham de casa por causa da pandemia foi de 47% na semana de 10 a 14 de agosto, isso corresponde a 68.782 servidores.

O levantamento não inclui as instituições federais de ensino, que abrange as universidades, os institutos e as demais instituições de ensino da União. Na rede federal de ensino, 96% dos funcionários estão em trabalho remoto. Ao somar a administração pública federal e as instituições federais de ensino, 61% da mão de obra está trabalhando de casa, totalizando 349.715 funcionários. Os números referentes às instituições federais de ensino são divulgados pelo Ministério da Educação.

Apesar da liberação semanal dos números de infectados pela doença, o Ministério da Economia não tem balanço sobre quantos servidores federais podem ter sido vítimas da Covid-19. Em todo o Brasil já faleceram 109.888 pessoas, de acordo com dados do Ministério da Saúde divulgados nessa terça-feira. Já foram registrados 3.407.354 de casos do novo coronavírus, entre esses, 2.554.179 já se recuperaram e 743.287 seguem em acompanhamento.

*Com Agência Brasil