Nova ministra da Agricultura: setor é alvo de ‘acusações absolutamente infundadas’

  • Por Jovem Pan
  • 02/01/2019 12h47 - Atualizado em 02/01/2019 13h00
Estadão Conteúdo - Fátima MeiraEm seu discurso de posse, Tereza Cristina disparou contra organizações internacionais

Teresa Cristina assumiu nesta quarta-feira (2) o Ministério da Agricultura. Em seu primeiro pronunciamento, a ministra fez um esforço para valorizar a agropecuária. Ela apontou que o setor no Brasil é um “modelo a ser seguido” quando o assunto é o respeito ao clima e a biodiversidade. Além disso, disparou contra organizações internacionais. “ [O setor é vítima de] acusações absolutamente infundadas [que] partem de todos os lados, inclusive de organizações internacionais estabelecidas amistosamente aqui”.

Ao assumir a pasta, a líder da bancada ruralista disse, ainda, que “são relevantes as questões relacionadas ao clima, à sustentabilidade e à biodiversidade”. “A discussão honesta deveria partir de uma premissa básica: o Brasil é um país com legislação ambiental extremamente avançada e que mais soube preservar suas florestas nativas e matas ciliares. Nosso país é um modelo a ser seguido, jamais um transgressor a ser recriminado”, ressaltou.

Ela associou as duras críticas que recebem a uma espécie de ressentimento de outros setores do mercado. Como resposta, prometeu aproximar a pasta das empresas agrícolas e simplificar processos de regularização fundiária, além de dedicar atenção especial a agricultura familiar.

*com informações da Agência Brasil