Ocupação de leitos de UTI para Covid-19 fica abaixo de 60% em todos os Estados pela primeira vez

Dados fornecidos pela Fiocruz mostram feito inédito desde o início do monitoramento da ocupação de leitos voltados para Covid-19, que começou em julho de 2020

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2022 15h42
Sandro Pereira/Estadão Conteúdo O governo de São Paulo ingressou com ação no STF no dia 10 de fevereiro, após uma semana de ameaças; dois dias antes, governador do Maranhão já havia feito solicitação com o mesmo teor à Corte Essa foi a primeira vez que todos os Estados e o Distrito Federal apresentaram índice menor que 60%

Um novo relatório divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) nesta sexta-feira, 25, mostra que a taxa de ocupação  dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) voltados para Covid-19 estão abaixo de 60% em todos os Estados. Com isso, todos os Estados e o Distrito Federal deixaram a classificação amarela, que indica ocupações entre 61% e 80%, sendo algo inédito desde julho de 2020, quando a Fiocruz começou a monitorar a taxa de ocupação. Com esses resultados, todas as unidades federativas estão na classificação verde, que representa um cenário positivo no avanço da doença. Segundo a Fundação, o cenário atual foi obtido através da campanha de vacinação no país. “O cenário atual é resultado do avanço na vacinação, com 82% da população com a primeira dose, 74% com o esquema de vacinação completo e 34% com a dose de reforço. Porém, este avanço precisa ser ampliado e acelerado para que se reflita em maior velocidade na queda das internações e óbitos”, diz o relatório.