Onyx Lorenzoni espera “senso patriótico” na votação de projeto contra corrupção

  • Por Jovem Pan
  • 20/11/2016 13h29
Marcelo Camargo/Agência Brasildeputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) - ABR

O projeto de lei que instaura as dez medidas de combate à corrupção será votada na próxima terça-feira. O pacote foi elaborado pelo Ministério Público Federal e teve a participação de procuradores da força-tarefa da Lava Jato. Após isso, foi enviado para a Câmara e recebeu mais de 2 milhões de assinaturas apoiando as medidas. O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), relator do projeto, considera que a sociedade quer “se despir” disso que faz o Brasil ser o quarto país mais corrupto do mundo.

“Precisa sim o parlamento brasileiro dar uma resposta. (…) Eu espero que a racionalidade, o equilíbrio e principalmente que o senso patriótico prevaleça, ou seja, de mudar o Brasil e dar condições a que a gente não tenha mais que enfrentar a Lava Jato 1, 2, 3, 4”, disse o deputado.

Segundo Onyx, o projeto traz medidas que seguem o exemplo de países europeus e América do Norte, e possui o apoio da ONU no combate à corrupção.

“Nós estamos trazendo uma série de princípios que foram aplicados lá (Europa e América do Norte), que a ONU estimula os países que são signitários e tenham tratados de corrupção assinados, por isso são 17 medidas. (…) Eu tenho esperança. O trabalho foi árduo, aqueles 30 deputados que acompanharam o trabalho ao longo dos quatro meses se dedicaram. Eu espero que o bom senso, a racionalidade e o senso de amor ao país prevaleça”, afirmou.

O deputado disse ainda que uma parte do parlamento brasileiro tem a intenção de usar como desculpa, para tentar derrubar as dez medidas, a retirada da emenda 18, que incluia nos crimes de responsabilidade os promotores e os juízes.