Operação policial contra o tráfico deixa 21 pessoas mortas no Rio de Janeiro

Ação na Vila Cruzeiro teve o envolvimento da Polícia Federal, Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal; ao todo, 11 escolas foram fechadas

  • Por Jovem Pan
  • 24/05/2022 15h53 - Atualizado em 24/05/2022 18h57
Reprodução/Instagram/@policiamilitar_rj Verificado Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Operação policial realizada em conjunto com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) apreendeu armamento na Vila Cruzeiro

Uma operação policial realizada nesta terça-feira, 24, na Vila Cruzeiro – bairro do Rio de Janeiro – deixou 21 pessoas mortas e outras sete feridas. Segundo informações apuradas pela equipe de reportagem da Jovem Pan, um total de 28 pessoas foram encaminhadas ao Hospital Estadual Getúlio Vargas. A intervenção policial contou com a participação da Polícia Militar, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal e tinha como finalidade o combate ao tráfico de drogas na região. A PM informou que, das onze vítimas, dez delas tinham ligação com a organização criminosa Comando Vermelho. A outra morte refere-se a uma moradora local de 41 anos que foi atingida por uma bala perdida. A entrada dos agentes de segurança no local ocorreu na madrugada da terça – por volta das 4h da manhã e, após o acesso dos policiais, um intenso confronto foi registrado na região. O transporte público – como o BRT na Zona Norte e o ônibus circular que transita na região – ficaram comprometidos com a ação policial. De acordo com o Instituto Fogo Cruzado, trata-se da maior chacina do ano no estado. Ao todo, 11 escolas foram fechadas no entorno em decorrência dos tiroteios.

*Com informações do repórter Mateus Koelzer