Operação ‘Shark Attack’ desarticula esquema de lavagem de dinheiro do tráfico

A operação cumpre mandados no RJ, SP e PR

  • Por Jovem Pan
  • 25/05/2019 11h31
Divulgação/Imprensa Oficial do Estado do Rio de JaneiroSão alvos da operação deste sábado traficantes e “laranjas” do esquema

Com o objetivo de desarticular um esquema de lavagem de dinheiro de traficantes do Rio de Janeiro, especialmente do Morro do Borel, na Tijuca, policiais civis da 19ª DP deflagraram operação na manhã deste sábado (25).

Foram expedidos oito mandados de prisão e outros seis de busca e apreensão.

A ação foi batizada de Shark Attack e mandados de prisão e busca e apreensão também são cumpridos em Ribeirão Preto, no interior paulista, e em Curitiba, capital paranaense.

A investigação teve início a partir de um depósito bancário em dinheiro cujas notas tinham cheiro de maconha. A tentativa da quadrilha era de depositar R$ 99,6 mil em um caixa eletrônico de uma agência bancária na região em 28 de janeiro.

Pessoas próximas ao caixa sentiram o cheiro de maconha impregnado nas notas e acionaram a Polícia Militar. Dois homens chegaram a ser levados para a delegacia, prestaram depoimento, mas foram liberados.

Entretanto, após este dia uma investigação passou a correr para descobrir a origem deste dinheiro. Assim, a Polícia descobriu um esquema milionário de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas por empresas fantasmas ou fictícias em outros Estados.

São alvos da operação deste sábado traficantes e “laranjas” do esquema.