Padre que atropelou suspeito de furto está ‘arrependido e consternado’, diz Diocese

Frei Gustavo dos Santos Trindade pediu orações por homem atropelado, que está internado em estado grave

  • Por Jovem Pan
  • 10/05/2022 20h21
Reprodução / Twitter / @pejulio Carro avança em direção a pedestre que estava na calçada Frei Gustavo Trindade foi afastado de atividades na Igreja

O padre Gustavo Trindade dos Santos, 37 anos, está ‘consternado e arrependido’ e pede que os fiéis orem pelo suposto ladrão que ele atropelou propositalmente no último domingo, 8, de acordo com nota divulgada pela Diocese de Ourinhos, à qual pertence a paróquia São Sebastião de Santa Cruz do Rio Pardo. “Informamos que frei Gustavo se encontra profundamente consternado e arrependido pelo trágico desfecho e conclama a todos os fiéis por orações pela vida do sr. Ângelo Nogueira, que está em recuperação da UTI da Santa Casa da cidade”, diz o texto assinado pelo frei André Luís Tavares, provincial dos Frades Dominicanos do Brasil, e pelo dom Eduardo Vieira dos Santos, Bispo de Ourinhos. Segundo o documento, o padre irá cooperar com as investigações e se colocou à disposição da Justiça para prestar esclarecimentos e “eventual responsabilização”, após ter sido afastado das funções religiosas.

O caso foi flagrado por câmeras de segurança. Nas imagens, o suspeito de roubo aparece correndo pela calçada, até que um carro branco surge e o atropela, arremessando-o para dentro de um imóvel; o veículo dá marcha a ré e some do campo de visão do aparelho. O suspeito teria arrombado uma janela e entrado na casa paroquial para roubá-la, e o padre teria flagrado o furto e passado a perseguir o autor. O religioso já prestou depoimento e um pedido de prisão preventiva contra ele foi negado pela Justiça, enquanto o suposto ladrão está internado em estado grave e foi preso em flagrante. O caso está sendo investigado como tentativa de homicídio e omissão de socorro por parte do frei Gustavo. Já Ângelo Nogueira será indiciado por furto.