Pagamento do Bolsa Família será antecipado para moradores de Brumadinho

  • Por Jovem Pan
  • 28/01/2019 16h00
CADU ROLIM/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDORepresetantes do MP e do Movimento dos Abrigados por Barragens se reúnem com desabrigados da região de Alberto Flores, em Brumadinho

O Ministério da Cidadania anunciou nesta segunda-feira (28) que os moradores da cidade de Brumadinho, que se encontra em situação de calamidade pública após o rompimento da barragem Mina do Feijão, terão o pagamento do Bolsa Família antecipado. Com a medida, os beneficiários vão poder sacar o dinheiro sem precisar seguir o calendário do programa.

“Estamos fazendo um esforço de antecipação de recursos e vamos avaliar, junto ao governo do Estado e à prefeitura, em que outras ações de nível local nós poderemos ser úteis para proteger e socorrer a população, principalmente os mais pobres”, disse o ministro da Cidadania, Osmar Terra, durante visita à região.

Em Brumadinho, 1.506 famílias recebem o benefício, totalizando R$ 272,9 mil repassados mensalmente à população beneficiadas pelo programa. Os beneficiários que perderam o cartão do Bolsa Família, bem como documentos, poderão fazer o saque por meio de uma guia de pagamento que deve ser obtida junto à gestão municipal do programa.

Terra afirmou ainda que a pasta avalia outras ações de apoio à população da cidade mineira. Dentre as medidas, o Ministério da Cidadania pode anunciar a antecipação do pagamento do Benefício de Prestação Continuada, prestado pelo INSS, que consiste em uma renda de um salário-mínimo para idosos e deficientes.