Para Temer, Governo não deveria se concentrar exaustivamente em debate sobre maioridade penal

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2015 18h30

O vice-presidente da RepúblicaO vice-presidente da República

O vice-presidente da República, Michel Temer, discorda da ala petista no Palácio do Planalto quando o tema é a discussão em torno da maioridade penal. Temer não concorda que o Governo se concentre exaustivamente no assunto. Além disso, não haveria a necessidade de tentar articular a votação da medida no Congresso Nacional.

Outra bandeira que teria de ser evitada é a resposta em caso de recusa no estabelecimento da idade mínima para responder criminalmente. O próprio Michel Temer não acredita que a mera revisão da idade seja a melhor solução para coibir atos de violência.

O articulador político do Planalto concordou com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha: o assunto não é um tema apropriado para o governo Federal se mobilizar.