Paralisação de motoristas de ônibus afeta 21 linhas na Zona Leste de SP

  • Por Jovem Pan
  • 21/11/2019 10h31
Reprodução FacebookA paralisação atinge 270 ônibus de 21 linhas que operam em bairros da Zona Leste, como: São Miguel Paulista, Itaim Paulista e Guaianases

Uma paralisação de motoristas e cobradores de ônibus da Viação Metrópole Paulista afeta a circulação de coletivos na Zona Leste de São Paulo na manhã desta quinta-feira (21).

Segundo a São Paulo Transporte (SPTrans), um grupo de sindicalistas não permitiu que os coletivos deixassem a garagem Imperador, localizada na Avenida Águia de Haia, 2970.

A paralisação atinge 270 ônibus de 21 linhas que operam em bairros da Zona Leste, como: São Miguel Paulista, Itaim Paulista e Guaianases.

O Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese) não foi acionado. A SPTrans informou que a Metrópole Paulista dispõe de outras seis garagens e solicitou à viação que remanejasse veículos desses locais para atender aos passageiros da região atingida pela manifestação.

De acordo com o site Diário do Transporte, os motoristas e cobradores protestam contra o pagamento menor do adiantamento salarial. A viação teria depositado apenas 30% – sendo o acordo estabelecido de 40%.

A reportagem não conseguiu contato com a Viação Metrópole Paulista e o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (SindMotoristas). O espaço está aberto para as manifestações.

*Com informações do Estadão Conteúdo