Participante do assalto ao Banco Central de Fortaleza é preso novamente

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2019 15h43
Reprodução/GoogleGalian foi preso pelo Departamento Estadual de Investigações Policiais da cidade do Paraná

O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) prendeu na manhã desta quinta-feira (9) Jean Ricardo Galian, conhecido como “Gordo”, um dos participantes do furto milionário ao Banco Central de Fortaleza. Ele estava foragido desde 2005 e foi rendido em Londrina, no Paraná, onde levava uma vida de alto padrão. As apurações apontam que, atualmente, ele tinha conexões com o tráfico de drogas.

Os responsáveis pela investigação eram da 1ª Delegacia de Patrimônio, que cuida de crimes de roubo e latrocínio. Eles detectaram que Galian estava comandando uma célula de uma organização criminosa de Londrina. Policiais foram deslocados do Paraná para prender o réu.

Assista ao momento em que Galian é rendido:

Ele participou do roubo ao Banco Central ajudando a escavar o túnel que facilitou o crime, razão pela qual foi condenado. Na ocasião, recebeu 40 anos e seis meses de reclusão, que foi reduzido em pouco tempo a oito anos e seis meses. Segundo o próprio Galian, ele foi liberado após pagar propina aos policiais que o haviam detido.

O assalto é considerado um dos mais ousados já registrados no país, e apenas parte dos mais de R$ 164 milhões levados dos cofres foi recuperada.