PF de Goiás apreende 111 quilos de ouro ilegal escondidos em avião

  • Por Jovem Pan
  • 11/06/2019 09h22 - Atualizado em 11/06/2019 09h24
DivulgaçãoAeronave, de matrícula PT-RIX, pertence à RJR Minas Export Eireli, empresa do ramo de joias e extração mineral

Uma carga de 111 quilos de ouro com origem ilegal foi apreendida pelas Polícias Federal e Militar de Goiás nesta segunda (10). Avaliados em mais de 18 milhões de reais, os blocos estavam em malas escondidas sob os bancos de um avião monomotor.

Os agentes realizaram a operação após uma denúncia anônima de que a aeronave estaria transportando o material para o aeroporto de Goiânia. A PF investigou o prefixo do avião e interceptou o piloto assim que o pouso foi feito.

A aeronave foi apreendida e o passageiro, que era o detentor do ouro, foi preso e autuado em flagrante por crime ambiental e pelo crime de usurpação de bem da união.

De acordo com os registros da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião, de matrícula PT-RIX, pertence à RJR Minas Export Eireli, empresa do ramo de joias e extração mineral. A aeronave foi adquirida no ano passado e tinha autorização para serviços privados.