PF prende o doleiro Dario Messer, foragido desde maio de 2018

  • Por Renato Barcellos / Rodrigo Viga
  • 31/07/2019 16h52 - Atualizado em 31/07/2019 17h01
Reprodução/FacebookO Ministério Público Federal acusa Dario Messer de constituir um "grandioso esquema" de movimentação de recursos ilícitos no Brasil e no exterior

A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira (31), às 16h40, no bairro dos Jardins, em São Paulo, o doleiro Dario Messer. Ele estava foragido desde maio de 2018, quando foi decretada sua prisão. A informação foi confirmada à Jovem Pan pela assessoria de imprensa da PF.

Em julho, a família de Messer, conhecido como “doleiro dos doleiros”, começou a fazer acordos de delação premiada com a Lava Jato e se comprometeu a devolver R$ 370 milhões aos cofres públicos. Na ocasião, a operação, inclusive, deu um passo importante para encontrá-lo: prendeu, no Rio de Janeiro, um de seus braços direito, Mario Libman.

Quando a Lava Jato esteve no imóvel de Messer, encontrou uma verdadeira galeria de arte, além de dinheiro e joias. As famílias Libman e Messer têm negócios juntas há muitos anos e movimentaram milhões de reais, segundo as investigações.

Especulava-se que ele estaria escondido em Israel, já que as duas famílias são da comunidade israelita. Messer tem, ainda, dupla cidadania, brasileira e paraguaia. No Paraguai, a Justiça já conseguiu bloquear bens que, juntos, somam R$ 100 milhões.