Piloto de helicóptero que caiu com Boechat é enterrado em São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2019 20h38
Reprodução/FacebookRonaldo Quattrucci era responsável pela aeronave da empresa que levava as iniciais de seu nome

No mesmo horário em que foi cremado o corpo do jornalista Ricardo Boechat, nesta terça-feira (12), era enterrado em São Paulo o piloto do helicóptero que caiu, causando a morte de ambos no dia anterior (11). Ricardo Quattrucci foi sepultado no Cemitério São Paulo, em Pinheiros – zona oeste -, em cerimônia restrita a parentes e amigos.

Quattrucci era responsável pela empresa RQ Helicópteros, dona da aeronave acidentada na Rodovia Anhanguera. Considerado seguro, o helicóptero tinha matrícula PT-HPG e havia sido fabricado na década de 1970 pela Bell. A RQ, contudo, não tinha autorização para realizar serviços de táxi aéreo, situação que está sendo investigada.

Ainda não se sabe o que causou o acidente. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos (Cenipa), subordinado ao comando da Força Aérea Brasileira (FAB), está conduzindo as apurações. Ao cair, o helicóptero se chocou contra um caminhão que saía de uma praça de pedágio. O motorista sofreu apenas ferimentos leves.

Boechat

Não muito distante da capital, em Itapecerica da Serra, Ricardo Boechat – que tinha 66 anos – foi cremado no Cemitério Horto da Paz. A cerimônia foi reservada apenas a amigos e familiares do jornalista, que foi aplaudido por admiradores ao fim do velório, realizado no Museu da Imagem e do Som, no bairro dos Jardins, em São Paulo.