Planalto cogita retirar pedido de urgência constitucional de pacote anticorrupção

  • Por Jovem Pan
  • 12/05/2015 17h31
Lula decreta luto oficial por morte de Ruth Cardoso; bandeira a meio-mastro em frente ao Palácio do Planalto

Palácio do Planalto cogitou retirar o pedido de urgência constitucional do pacote anticorrupção proposto no começo do ano. A medida foi uma espécie de moeda de troca no Congresso para assegurar a votação do plano de ajuste fiscal.

O texto, disposto a atacar os atos ilícitos, também é considerado uma das principais bandeiras do PT para responder às manifestações populares. Um projeto de Lei com urgência constitucional precisa ser analisado em até 45 dias, do contrário tranca a pauta do Legislativo.

A mudança de ideia se deve à prioridade da equipe econômica na votação das medidas de ajuste fiscal para reequilibrar as contas. Uma das propostas que ainda precisam de veredito dos parlamentares é a que desonera a folha de pagamento.