Planalto lança licitação de R$ 1,75 milhão para serviço de bordo da Presidência

  • Por Jovem Pan
  • 27/12/2016 15h27
Michel Temer EFE

O Palácio do Planalto abriu uma licitação para definir a empresa que assumirá os serviços de alimentação nos aviões que atendem o Presidente da República pelo período de um ano, no valor correspondente à R$ 1,75 milhão. O aviso foi publicado no Diário Oficial e chama atenção pela lista de produtos solicitados. Entre os pedidos estão 500 potes de 100 gramas do sorvete da marca Häagen-Dazs, pelo preço de R$ 15,09 cada um, o que totaliza cerca de R$ 7.545 só em sorvete da marca norte-americana.

Também encontra-se na lista a quantidade de 120 potes de 350 gramas de creme de avelã da marca Nutella, pelo preço de R$ 39 cada, amêndoas in natura, por R$ 29 cada pacote de 100 gramas, e pacote de farinha de linhaça dourada, estimado em R$ 44 cada 200 gramas.

Além de alimentos saudáveis e refinados, há outros pedidos mais comuns, como refrigerantes, chocolates, pão de forma e sanduíches, como o de mortadela, especificado no documento em 500 unidades no valor de R$ 16,45 cada (total de R$ 8.225).

Cada almoço e jantar servidos nos aviões da presidência podem custar até R$ 128, 63. Já o valor estimado para o café da manhã pode chegar a R$ 96, 43 cada refeição.  

A lista completa com seus preços pode ser vista neste link.