PM afasta policial que aparece em vídeo atirando durante ação em SP

Durante um evento nesta terça, o governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que assim que viu o vídeo, durante viagem a Davos, pediu o afastamento do policial

  • Por Leonardo Martins
  • 28/01/2020 16h05
Divulgação/SSPO governador do Estado de São Paulo, João Doria, teve acesso ao vídeo e pediu o afastamento do policial

A Polícia Militar afastou nesta terça-feira (28) o policial que aparece em um vídeo atirando em um homem em São Mateus, na Zona Leste de São Paulo, no último domingo (26).

O PM é integrante do 38º Batalhão, que atua na Zona Leste da capital. No vídeo, é possível ver o policial efetuando um disparo. Em seguida, a pessoa que filma o momento o questiona: “Vê se pode. Mata alguém aí, então”.”Para mim, tanto faz”, responde o PM.

O tiro efetuado, segundo testemunhas, acertou Claudemir Cipriano da Silva, 32. Ele foi levado ao hospital Santa Marcelina, onde segue internado em estado estável.

Segundo o porta-voz da PM, tenente-coronel Emersson Massera, os policiais foram atender a uma ocorrência de pertubação do sossego. Após o aparecimento do vídeo, a Corregedoria da Polícia Militar assumiu as investigações.

“A imagem sugere uma ação muito grave e a Polícia Militar está tratando com muita responsabilidade e rigor”, disse o porta-voz.

Durante um evento nesta terça, o governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que assim que viu o vídeo durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, pediu o afastamento do PM ao secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) afirmou que a PM vai apurar os fatos. O caso é investigado pelo 49º Distrito Policial, em São Mateus.

Veja o momento em que o PM dispara: