Polícia Civil cumpre 25 mandados de prisão temporária contra o PCC

A operação é desdobramento da prisão de William Ramos Pereira

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2020 08h59 - Atualizado em 30/07/2020 09h05
Tânia Rêgo/Agência BrasilA investigação apura que a organização criminosa praticou ocultação de bens e lavagem de dinheiro -- além de comandar o tribunal do crime

Cerca de 400 homens da Polícia Civil de São Paulo participam de uma operação contra o Primeiro Comando da Capital (PCC), organização criminosa especializada em tráfico de drogas, na capital e litoral paulista. São 25 mandados de prisão temporária e 44 de busca e apreensão. De acordo com a GloboNews, 14 pessoas já foram localizadas e presas. A operação é resultado de uma investigação de 6 meses e é desdobramento da prisão de William Ramos Pereira.

Conhecido como Jagunço e preso em abril, William é apontado como líder da facção que atua em presídios. A investigação apura que a organização criminosa praticou ocultação de bens e lavagem de dinheiro — além de comandar o tribunal do crime. A Polícia Civil vai informar mais tarde o resultado da ação. A operação foi nomeada Decap 8 em alusão à 8ª Delegacia Seccional de Polícia, a responsável pela investigação.