Polícia Civil de SP desmantela grupo que realizava fraudes em importação de vinho

  • Por Jovem Pan
  • 18/06/2019 12h45
Divulgação/SSP-SPEmpresas chegaram a desviar mais de R$60 milhões com o esquema desde 2018

Em uma operação coordenada, a Polícia Civil e a Secretaria Estadual da Fazenda de São Paulo desmantelaram um esquema de fraudes envolvendo alguns dos maiores importadores de vinho do país. Segundo os órgãos, a ação registra mais de R$200 milhões em autos de infração contra o grupo.

Batizada de “Vino Veritas”, a ação teve como alvo quatro estabelecimentos da Zona Norte de São Paulo. Os agentes ainda investigam se outros comércios estariam envolvidos com o esquema.

“Esse tipo de operação demonstra a força do Estado no combate à sonegação fiscal, além de ser um importante instrumento para estabelecer a concorrência leal entre os contribuintes”, destacou Henrique Meirelles, secretário da Fazenda e Planejamento. “A ação de hoje evidencia a importância do monitoramento constante das equipes de fiscalização e do trabalho conjunto com outros órgãos do Estado, de forma a coibir o comportamento inadimplente”.

Como desdobramento da operação, a Justiça do estado ainda bloqueou mais de R$7 milhões em ativos, 20 carros de luxo e nove imóveis pertencentes a integrantes do grupo.

O esquema consistia em simular a importação de vinhos por contribuintes de Alagoas para sonegar os impostos. A carga, então, era transferida para empresas de São Paulo e revendida para restaurantes, adegas e redes de supermercados. Dessa forma, o grupo não recolhia o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

O grupo chegou a desviar mais de R$60 milhões com o esquema desde 2018, quando o Fisco começou a identificar as fraudes. Laranjas alocados nos quadros das empresas envolvidas ainda ajudavam a realizar o golpe.