Polícia Federal cumpre 62 mandados em nova fase da Lava Jato

  • Por Reuters
  • 05/02/2015 09h48
Escândalo da Petrobrás marca ano recheado de corrupção

A Polícia Federal deu início na manhã desta quinta-feira a mais uma fase da Operação Lava Jato, que investiga lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos, principalmente em contratos e obras da Petrobras.

Cerca de 200 policiais federais, com apoio da Receita Federal, cumprem 62 mandados judiciais, incluindo prisões e busca e apreensão, em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Santa Catarina, informou a PF em nota. Os mandados são: um de prisão preventiva, três de temporária, 18 de condução coercitiva (quando a pessoa é liberada após prestar depoimento) e 40 de busca e apreensão.

“Esta fase é fruto da análise de documentos e contratos apreendidos anteriormente pela PF”, disse a nota divulgada no site da entidade.

Trata-se da nona etapa da operação, que contou agora também com informações obtidas com a colaboração de um dos investigados, além da denúncia apresentada por uma ex-funcionária de uma das empresas investigadas, disse a PF, sem informar nomes de pessoas ou empresas alvo desta nova fase da operação.

Fases anteriores da Lava Jato resultaram nas prisões dos ex-diretores da Petrobras Paulo Roberto Costa, Renato Duque e Nestor Cerveró, e de altos executivos de importantes empreiteiras do país.

(Por Gustavo Bonato)com informações da Agência Estado