Polícia prende homem suspeito de matar filha e enteada asfixiadas

  • Por Jovem Pan
  • 16/05/2019 15h17 - Atualizado em 16/05/2019 15h26
Reprodução / TV GloboClayton Almeida de Jesus teria cometido o crime depois de descobrir que estava sendo traído pela esposa

A Polícia Civil prendeu, na noite desta quarta-feira (15), o açougueiro Clayton Almeida de Jesus, acusado de matar a filha e a enteada na manhã do mesmo dia em Guarulhos, São Paulo. Segundo informações do portal G1, o homem de 34 anos estava em uma igreja evangélica em Santos quando foi detido pelos agentes.

Clayton havia asfixiado a filha, Priscila Beatriz Tavares Almeida, de 4 anos, e a enteada, Edmilly Geovana Tavares, de 8 anos, depois de, segundo ele, descobrir que estava sendo traído pela esposa.

De acordo com um áudio encontrado pelos investigadores do caso, a esposa de Clayton teria um caso com um funcionário da rede de supermercados em que trabalhava. Os indícios também apontam que o açougueiro planejava matar os filhos do suposto amante, mas acabou desistindo.

Ainda de acordo com o delegado que investiga o crime, o plano do acusado era fugir para o Rio de Janeiro após cometer o assassinato. Ele teria roubado R$ 70 do cofre da família, mas não conseguiu concretizar a fuga e acabou parando na cidade do litoral paulista onde foi encontrado.

No início da tarde desta quinta, Clayton foi levado para o fórum de Guarulhos, onde passará por uma audiência de custódia e terá a decisão do juiz sobre sua prisão mantida ou revogada.