Polícia recaptura 517 detentos que fugiram de presídios paulistas

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2020 12h43
Divulgação/SSP Viatura da Polícia Militar De acordo com a secretaria, as fugas e atos de insubordinação ocorreram por conta da suspensão da saída temporária

Pelo menos 517 presos que fugiram de três presídios do estado de São Paulo na segunda-feira (16) foram recapturados. A Secretaria da Administração Penitenciária não informou quantos detentos fugiram.

Segundo informações da secretaria, a situação já foi controlada nos Centros de Progressão Penitenciária de Mongaguá, Tremembé e Porto Feliz, além da ala de semiaberto da Penitenciária de Mirandópolis.

Até o momento, foram recapturados 184 detentos em Mongaguá, 82 em Tremembé e 251 em Porto Feliz.

De acordo com a secretaria, as fugas e atos de insubordinação ocorreram por conta da suspensão da saída temporária, que ocorreria nesta terça-feira (17).

“Todas as unidades abrigam apenas presos em regime semiaberto, que é o preso que tem a possibilidade de sair para trabalhar ou estudar durante o dia e retornar, e que por lei tem direito a cinco saídas temporárias por ano”, diz a secretaria, por meio de nota.

Ela explicou que a saída temporária que beneficiaria 34 mil sentenciados do regime semiaberto foi suspensa em razão da pandemia da Covid-19.

O órgão também acrescentou que o objetivo é prevenir a instalação e propagação do vírus entre uma população vulnerável, já que, com a volta dos presos liberados, haveria o risco de o vírus ser levado ao interior das unidades.

*Com informações da Agência Brasil