Policial comete suicídio após matar síndico em Jundiaí

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, arma e celular do agente foram apreendidos e estão sendo periciados; esposa da vítima identificou o autor do crime

  • Por Jovem Pan
  • 15/02/2022 16h28
Reprodução/Facebook Reprodução/Facebook Polícia militar sp

Um policial militar matou o síndico de um prédio na cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo, e cometeu suicídio depois do crime. O caso aconteceu na manhã desta terça-feira, 15, e foi registrado como homicídio e suicídio pelo 5ºDP de Jundiai. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), um homem de 55 anos foi encontrado morto dentro de seu carro e sua esposa relatou ás autoridades que o autor do crime era um agente da corporação. Uma equipe foi enviada até onde o policial vivia e encontraram o agente morto no chão. A arma do policial e seu telefone celular foram apreendidos pela PM. Testemunhas foram ouvidas e laudos periciais estão sendo realizados pela polícia para ter mais informações sobre o caso e esclarecer as motivações do crime.