Por ter nível superior, banqueiro André Esteves fica em Bangu

  • Por Agência Brasil
  • 27/11/2015 11h32
SÃO PAULO, SP, 04.05.2015: MÔNICA BERGAMO - O banqueiro André Esteves, do BTG Pactual, na festa de 15 anos do jornal “Valor Econômico”, nesta segunda (4). (Foto: Raquel Cunha/Folhapress)O banqueiro André Esteves

O diretor-executivo do banco BTG Pactual, André Esteves, está, desde a madrugada de hoje (27), no Complexo de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio. Ele chegou a ser levado ao Presídio Ary Franco, em Água Santa, zona norte do Rio, por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, mas ficou lá por pouco tempo. Como o banqueiro possui nível superior e o Ary Franco não possui cela com esta finalidade, ele foi levado, em seguida, para Bangu.

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que a Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, tem 138 presos e capacidade para 154. André Esteves está em uma cela individual, conforme o previsto na Lei de Execuções Penais (LEP).

Sobre as refeições de André Esteves, a Seap informa que o cardápio de almoço e jantar é composto por: arroz ou macarrão, feijão, farinha, carne (boi, peixe ou frango), legumes, salada, sobremesa e refresco. O café da manhã é composto por pão com manteiga e café com leite e o lanche, guaraná e pão com manteiga ou bolo.

Esteves está preso desde quarta-feira por ser suspeito de obstruir as investigações do esquema de corrupção na Petrobras, juntamente com o senador Delcídio Amaral.

Segundo denúncia, os dois teriam negociado a compra do acordo de delação premiada do ex-diretor da estatal, Nestor Cerveró, para que não fossem citados. Ambos prometeram uma “mesada” de R$ 50 mil e uma rota de fuga.

A defesa do banqueiro alegou que ele nunca teve sob seu poder qualquer depoimento da Lava Jato, não conhece os envolvidos na denúncia, bem como o fato de buscas em suas casas e no BTG já tinham ocorrido, o que significaria que sua liberdade não atrapalharia o andamento das investigações.