Porta-voz dos Bombeiros afirma que equipamentos israelenses trarão ‘recursos positivos ao trabalho’

  • Por Jovem Pan
  • 28/01/2019 20h30
Cadu Rolim/Estadão ConteúdoDefesa de Israel se comprometeu a auxiliar nas buscas e no resgate de vítimas da tragédia de Brumadinho

Na noite desta segunda-feira (28), o tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros, afirmou que os equipamentos levados até Brumadinho, em Minas Gerais, pela equipe da Defesa de Israel trará “recursos positivos ao trabalho da corporação” na busca por vítimas. A afirmação contraria o que havia circulado na imprensa durante a tarde sobre uma suposta ineficiência dos aparelhos em questão.

“Sobre esses equipamentos, fizemos uma análise para verificar as potencialidades e eles oferecem, sim, recursos positivos ao trabalho. Todavia é necessária uma adaptação em relação às condições em que estão acostumados a trabalhar”, explicou, em entrevista coletiva.

“Em Israel, a realidade é de uma topografia estabelecida, eles atuam muito em situação de ataque a bombas e desmoronamentos. Radares ficam em superfície lisa. Aqui, temos outra realidade, instável, com muita lama. Estamos analisando a melhor forma de utilizá-los. Ainda não foram utilizados, mas estamos estudando como fazer. Qualquer informação que sugeriu que esses equipamentos não seriam efetivos é equivocada. A corporação de Israel tem sido efetiva”, completou Aihara em seguida.

O tenente destacou ainda que o Exército brasileiro tem auxiliado no trabalho da corporação estrangeira. “Embora a situação seja lamentável, a resposta do poder público tem sido efetiva.” Devido à falta de luminosidade, as buscas serão interrompidas às 22h desta segunda-feira (28) e retomadas por volta das 4h de terça (29).