Posto do DF vende gasolina sem tributos a R$ 2,98 e forma fila enorme de carros

  • Por Estadão Conteúdo
  • 24/05/2018 10h15
Agência Brasil Alta dos combustíveis ocorre em meio ao encarecimento do barril de petróleo no mercado internacional A ação faz parte do Dia da Liberdade de Impostos, realizado há dez anos pelo grupo dono da rede de postos

Uma rede de postos do Distrito Federal está vendendo gasolina comum a R$ 2,98 nesta quinta-feira, 24. Diante do alto preço dos combustíveis e da greve de caminhoneiros, que entra em seu quarto dia e já causa desabastecimento em algumas áreas do País, a população aproveita a promoção e uma fila de carros, que dá voltas e mais voltas, está formada desde cedo na unidade da rede localizada na Asa Sul, área central de Brasília.

O site da rede informa que a ação faz parte do Dia da Liberdade de Impostos, realizado há dez anos pelo grupo em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem DF (CDL Jovem DF). A intenção é mostrar ao consumidor o peso da carga tributária sobre a gasolina. Mais de 40% do preço do produto é composto de tributos, destaca o site.

O valor de referência da gasolina comum cobrado nos postos tem sido de R$ 4,61. A campanha vai ofertar, ao preço de R$ 2,98, em cada um dos três postos da promoção, 10 mil litros de gasolina comum, até as 14h – ou até que os estoques acabam, o que ocorrer primeiro. O pagamento deve ser feito exclusivamente em dinheiro e o limite por veículo é de 20 litros.

Greve

A paralisação dos caminhoneiros contra a alta do diesel continua em pelo menos 20 Estados do País. Os protestos seguem apesar da decisão da Petrobras de reduzir o preço do diesel em 10% por 15 dias, da aprovação de projeto na Câmara que prevê alíquota zero de PIS-Cofins sobre o diesel até o fim do ano e o pedido do próprio presidente Michel Temer de uma trégua até Sexta-feira (25) para encontrar uma solução.

Nesta quinta-feira, o Planalto volta a se reunir com representantes dos movimentos dos caminhoneiros. O encontro está marcado para as 14h na Casa Civil.