Prefeitura de SP amplia intervalo entre doses da CoronaVac para crianças entre 6 e 11 anos

Seguindo orientações do Instituto Butantan, prefeitura da capital estabeleceu novo intervalo de 28 dias entre aplicações

  • Por Jovem Pan
  • 25/01/2022 12h26
ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO Frasco da vacina CoronaVac Medida foi confirmada pela prefeitura da capital paulista e foi adotada após recomendações do Instituto Butantan

A Prefeitura da cidade de São Paulo, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informou que ampliou o intervalo entre a aplicação da primeira e da segunda dose da vacina CoronaVac contra a Covid-19 para crianças de 6 a 11 anos. A informação foi confirmada à Jovem Pan nesta terça-feira, 25. Segundo a prefeitura, a decisão foi tomada com base em orientações do Instituto Butantan, que recomendou ampliar para 28 dias o retorno para a segunda aplicação do imunizante. Anteriormente, o prazo informado era de 14 dias. Em comunicado, a SMS informou também que a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) está reorientando as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para que o retorno para a segunda dose seja agendado 28 dias após a primeira. As UBS irão entrar em contato com os pais das crianças que já haviam sido orientadas a retornarem após 15 dias da primeira dose. O intervalo entre a primeira e a segunda dose da Pfizer pediátrica segue em 56 dias ou 8 semanas.