Presença de Lula atrapalha trabalhos da PF

  • Por Jovem Pan
  • 11/04/2018 08h42
EFE/Hedeson AlvesPolícia Militar protege Superintendência da Polícia Federal em Curitiba no domingo, após a prisão de Lula

A Polícia Federal já estuda retirar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) da Superintendência de Curitiba, onde está preso, informa o colunista Lauro Jardim nesta quarta (11).

A presença constante da imprensa e da militância pró-Lula em frente ao prédio da capital paranaense atrapalha o dia a dia dos policiais federais.

O policiamento na região do bairro de Santa Cândida foi reforçado e só entra no prédio quem tem horário marcado. As pessoas são autorizadas a entrar a cada dez minutos. Tanto a Polícia Federal quanto a Polícia Militar fazem a triagem do público.

Segundo Jardim, estuda-se a ideia de transferir Lula para um quartel do Exército, onde poderia ser montada outra Sala de Estado Maior, conforme determinou o juiz Sérgio Moro em sua ordem de prisão.

A possível transferência ainda não tem prazo, pois depende de nova autorização judicial.