Presidente da Petrobras tem que ser o ‘Copom do petróleo’, diz Guedes

  • Por Jovem Pan
  • 20/04/2019 17h17
WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDOPaulo Guedes evitou falar de áudio vazado do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni

O ministro da Economia, Paulo Guedes, falou sobre a política de preços dos combustíveis da Petrobras e disse que a estatal deve manter um padrão de reajuste que seja transparente.

Guedes usou como exemplo a prática adotada pelo  Comitê de Política Monetária (Copom). “O Castello Branco (presidente da Petrobras) tem que ser o Copom do petróleo”, declarou em entrevista.

Guedes voltou a defender que a Petrobras é livre para definir os preços. O posicionamento ocorre após a divulgação de áudio em que o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, apareceu falando que o governo deu uma “trava” na Petrobras.

Procurando evitar polêmica com o colega, o titular da Economia limitou-se a dizer que “ele Onix é muito leal e tem me ajudado muito”.

No entanto, segundo a entrevista, uma das questões no radar da equipe econômica é aumentar a periodicidade de reajuste do diesel de 15 dias para no mínimo 30.

*Com informações do Estadão Conteúdo.