Presidente do Senado abusa do escárnio em entrevista com jornalistas

  • Por Jovem Pan
  • 20/10/2016 15h43
Brasília - O presidente do Senado, Renan Calheiros, durante o primeiro dia da sessão de julgamento do impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)Renan Calheiros durante sessão do impeachment no Senado - ABR

O presidente do Senado tem abusado da sinceridade e do escárnio ao ser questionado por jornalistas. Renan Calheiros questionou qual a relevância da opinião dele ao responder o que representava a prisão de Eduardo Cunha. Horas depois, o tema voltou a assombrar o parlamentar, que explicou não ser um especialista no ex-deputado.

Para argumentar isso revelou, também, que não era o mais indicado para discorrer sobre o tema. A presidência Nacional do PMDB optou por aguardar os desdobramentos antes de se pronunciar definitivamente sobre o caso. A sigla pretende aguardar um posicionamento específico da Justiça antes de emitir qualquer juízo de valor.