Presidente do TSE fala sobre restrição do trabalho de jornalistas nas eleições

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2014 13h44

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) admitiu que o recurso ao STF (Supremo Tribunal Federal) vai solucionar conflitos entre a lei eleitoral e o princípio da liberdade de informação jornalística.

Para Marco Aurélio Mello, em nenhum momento a regência de uma eleição pode servir de embaraço ao trabalho legítimo dos jornalistas. O presidente do TSE reconhece que é crescente a preocupação da imprensa com a aplicação das normas nas próximas eleições.

*Ouça os detalhes no áudio

E provocado por Reinaldo Azevedo no programa “Pingos nos Is”, o ministro Marco Aurelio Mello salientou a vantagem de uma ADIN sobre o tema.

O presidente do TSE diz que é muito difícil para um candidato à reeleição no executivo evitar o uso de recurso público na campanha. O ministro lamentou o descarte da proposta de afastamento do mandatário em disputa por recondução ao cargo.

Mello salienta que a prática do Caixa Dois é crime de falsidade ideológica a ser punida no devido processo legal. Por essa razão, ele contesta quem aposta no crescimento dessa conduta com a proibição de doação de dinheiro de empresas em campanhas eleitorais.