Presos pulam muro e levam viatura ao fugir de cadeia no Tocantins

  • Por Jovem Pan com Agência Brasil
  • 30/07/2018 10h29 - Atualizado em 30/07/2018 10h30
Reprodução/Google MapsArredores da Cadeia Pública de Miranorte, onde 18 presos fizeram dois agentes reféns e fugiram ao pular muro do local, que estava superlotado

Uma rebelião na cadeia de Miranorte, em Tocantins, resultou na fuga de 18 presos na tarde de ontem (29). Segundo a Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju), responsável pelo sistema prisional do estado, a fuga ocorreu após o banho de sol, quando os detentos eram levados de volta às celas.

“Os 18 detentos pularam o muro da unidade para empreender fuga, levando uma viatura do Sistema Penitenciário, que já foi localizada no município de Miracema, uma espingarda calibre 12, um revólver calibre 38 e um uniforme de agente penitenciário”, informou, por meio de nota, a secretaria.

À noite, quatro presos já tinham sido recapturados: Uclas Abreu Castro, Marcos Vinícius, Paulo Roberto Aguiar e Homorato Lucindo.

Os demais fugitivos continuam sendo procurados. De acordo com a Seciju, um dos agentes sofreu escoriações no pescoço, além de ter sido mordido nas costas ao tentar impedir a fuga dos presos. Ele foi levado a um hospital, tendo recebido alta logo em seguida.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e está dando apoio na procura dos fugitivos, inclusive, com a ajuda de um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas. Segundo a Seciju , a capacidade da Cadeia Pública de Miranorte é de 12 presos, mas ela mantinha 38.