Procon notifica 21 estabelecimentos por alta no preço dos alimentos

Órgão encontrou quilo da carne vermelha sendo vendido a R$ 64,99; pacote de arroz de 5kg chegou a R$ 27,90

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2020 22h46
ANDRÉ PERA/AGÊNCIA F8/ESTADÃO CONTEÚDOFiscalização verificou preços cobrados por carne vermelha, arroz e óleo

O Procon notificou 21 estabelecimentos nesta segunda-feira, 14, por aumento injustificado de preços. A Operação Procon, que deve continuar nos próximos dias, levou os agentes fiscais para apurar nos estabelecimentos comerciais o aumento no preço de itens como arroz, óleo e carne vermelha – patinho, coxão mole, coxão duro e contrafilé. Por ora, os maiores preços encontrados foram R$ 27,90 no arroz tipo 1, pacote de 5kg; R$ 7,73 no óleo de soja 900ml; e nas carnes, R$ 47,69 no quilo do patinho; R$ 55,61 no quilo do coxão mole, R$ 53,11 no quilo do coxão duro e R$ 64,99 no contrafilé.

O secretário de defesa do consumidor, Fernando Capez, explicou a ação, que pede que os estabelecimentos apresentem notas fiscais de compra e venda dos itens da cesta básica. “Nós iremos comparar a nota de compra de cada item com o preço da prateleira para verificar se há margem de lucro muito ampliada, que é uma prática abusiva, e os abusos não serão tolerados. As operações continuam para garantir à população de baixa renda o acesso aos produtos da cesta básica”.

As empresas que praticarem um aumento desproporcional nos valores responderão a um processo administrativo. O consumidor pode alertar o Procon com uma denúncia por meio do site ou das redes sociais do órgão.