Procuradores convocam ‘tuitaço’ contra indulto de Natal com uso de #IndultoNão

  • Por Jovem Pan
  • 28/11/2018 12h58
José Cruz/Agência BrasilO decreto pode beneficiar 21 dos 39 condenados na Operação Lava Jato

O Supremo Tribunal Federal retoma nesta quarta-feira (28) o julgamento sobre a constitucionalidade do decreto de indulto de Natal assinado pelo presidente Michel Temer no ano passado.

O indulto é editado todos os anos pelo presidente da República, e é o perdão concedido pelo mandatário e previsto na Constituição. O decreto, entretanto, pode beneficiar 21 dos 39 condenados na Operação Lava Jato, o que causou o repúdio de membros do Ministério Público e da sociedade.

Pelo Twitter, coordenadores da força-tarefa da Operação Lava Jato e procuradores da República aderem a um tuitaço com a hashtag “#IndultoNao”. Pouco antes das 13h, a hashtag estava entre os assuntos mais comentados no Twitter.

Confira abaixo a posição de alguns dos procuradores da República: