Procuradores da Lava Jato mostram-se desinteressados em acareação entre Youssef e Costa

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2015 17h39

Ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e doleiro Alberto Youssef são condenados pelo Ministério Público na Operação Lava Jato

Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef são condenados pelo Ministério Público na Operação Lava Jato

Procuradores da Operação Lava Jato estariam desinteressados em realizar uma acareação entre os principais delatores dos ilícitos na Petrobras. Uma das possibilidades era a de confrontar Paulo Roberto Costa e Alberto Yousseff para aparar informações desencontradas.

Em alguns pontos da investigação existem divergências nos depoimentos do doleiro e do ex-diretor da estatal. Os magistrados demonstraram pouco entusiasmo com a ideia em uma audiência realizada com o próprio Alberto Yousseff.

Um dos pontos de discórdia aparece em relatos sobre o envolvimento do senador e ex-ministro de Minas e Energia, Edison Lobão no esquema. Outro possível envolvido que ganhou versões diferentes dos dois delatores é o ex-ministro da Casa Civil, Antônio Palocci.