Procuradores e senador batem boca no Twitter: o que o “Brasil precisa saber”?

  • Por Jovem Pan
  • 03/11/2017 13h46 - Atualizado em 03/11/2017 13h53
Pedro França/Agência SenadoSenador José Medeiros contestou procurador na rede social e levou "invertida" de colega do Ministério Público

A tensão entre políticos e procuradores continua e ganha ares públicos nas redes sociais.

O senador José Medeiros (Pode-MT) escreveu “o Brasil precisa saber como foi o acerto judicial da JBS”.

A procuradora da República Hayssa Medeiros rebateu e listou o que, em sua opinião, realmente “o Brasil precisa saber”.

“O Brasil precisa saber tanta coisa. Vamos listar?
1- Acerto para impedir a continuidade da denúncia contra o Temer?!
2- Acerto para o Refis
3- Acerto para a Portaria do RENCA
4- Acerto para a Portaria do Trabalho Escravo
5- Por que havia 500 mil na mala
6- Pra quem era o valor de 51 milhões”

O tweet da procuradora foi compartilhado pelo coordenador da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol.

A postagem que gerou a polêmica já era uma resposta do senador Medeiros a outro procurador da República, Helio Telho, que tinha classificada como “totalmente incabível” a convocação de Eduardo Pelella pela CPMI da JBS.

Helio Trelho e o parlamentar José Medeiros também seguiram debatendo no Twitter sobre a convocação de procuradores para deporem na CPMI. Veja a sequência de tweets:

A Comissão Parlamentar Mista investiga financiamentos do BNDES à empresa de Joesley e Wesley Batista, mas seu foco é investigar o acordo de delação que executivos da JBS fizeram com a Procuradoria-Geral da República, à época comandada por Rodrigo Janot.

A CPMI é acusada de ser usada como uma reação da classe política contra os avanços da Lava Jato.