‘Procuravam algo para me incriminar’, diz Bolsonaro sobre acesso de servidores a dados fiscais

  • Por Jovem Pan
  • 06/04/2019 11h31 - Atualizado em 06/04/2019 11h48
Marcos Corrêa/PR"Sindicância da Receita concluiu não haver ‘legalidade para acesso’ e notificou a PF”, escreveu nesta sexta-feira (05) o presidente

Após a notícia de que dois servidores acessaram, sem motivação legal, informações fiscais de Jair Bolsonaro e de membros de sua família, o presidente da República usou o Twitter para criticar a ação.

“Desde o início do ano passado 2 funcionários da Receita acessaram ILEGALMENTE informações fiscais de minha pessoa e familiares. Procuravam algo para vazar e me incriminar por ocasião da eleição. Sindicância da Receita concluiu não haver ‘legalidade para acesso’ e notificou a PF”, escreveu.

Em comunicado à imprensa, a Receita informou que, após identificar estes acessos, o órgão abriu sindicância para apurar as circunstâncias em que foram realizados.

“A sindicância concluiu que não havia motivação legal para o acesso e, por esta razão, a Receita notificou à Polícia Federal ao mesmo tempo em que iniciou procedimento correicional, visando apurar responsabilidade funcional dos envolvidos”, completou.