Programa Os Dois Lados da Moeda debate reportagem da revista The Economist

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2015 15h14
Capa da tradicional revista The Economist mostra figura representando o Brasil em lamaçal

No programa “Os Dois Lados da Moeda” deste sábado (28), Marco Antonio Villa e Mauro Motoryn analisam a matéria da revista americana The Economist, que traz na capa uma passista de escola de samba em um lamaçal. Estaria o Brasil a caminho do atoleiro econômico?

Para Villa, a revista traz “um retrato fiel da trágica presidência Dilma”. No entanto, Motoryn avalia que o assunto merece uma análise mais apurada e acrescenta que o assunto também pautou outro importante veículo econômico internacional, o Financial Times. “Também foi repercutido com os dez itens que levam ao impeachment de Dilma, ou seja, os dois principais órgãos da economia mundial tomaram uma posição: nós não queremos Dilma”.

Marco Antonio Villa enfatiza que a culpa é da administração do PT na presidência do Brasil. “A culpa é de uma presidente que faz um governo que é considerado o mais corrupto da história republicana”, disse. Em resposta, Motoryn reconhece que o país enfrenta crise econômica, mas que a liderança política está tomando as medidas necessárias. “Hoje temos um projeto de ajuste fiscal e temos que ir além, buscar outro caminho para retomar o crescimento”, analisou.