Promotoria do Paraná denuncia 36 suspeitos de ligação com o PCC

  • Por Jovem Pan
  • 07/03/2019 17h19
Reprodução/Google MapsAlguns dos acusados estão presos em cadeia de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba

A Promotoria de Justiça de Piraquara (PR) apresentou denúncia criminal contra 36 acusados de ligação com o Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa criada nos anos 1990 em prisões paulistas e cuja atuação se espalhou por todo o País.

A denúncia é resultado da Operação Pregadura, realizada em conjunto com o Grupo Especial de Investigações Sensíveis da Polícia Federal em Cascavel (PR). A intenção era identificar e transferir líderes do grupo que atuam a partir de presídios de Piraquara.

De acordo com o Ministério Público do Paraná, os réus foram denunciados por organização criminosa e associação para o tráfico de drogas. Dos 36 presos, 29 já estão presos e 19 deles estão no Paraná (16 em Catanduvas e três em Piraquara).

Os demais acusados estão no Rio Grande do Norte, em Roraima, em Rondônia, em Minas Gerais, no Mato Grosso do Sul e em São Paulo, berço da facção, onde diversos líderes foram recentemente transferidos de cadeias estaduais para unidades federais.

*Com informações do Estadão Conteúdo